Geômetras

Euclides de Alexandria foi um dos mais proeminentes matemáticos da Antiguidade. É conhecido pelo seu tratado matemático – Os Elementos – que é a obra matemática mais duradoura de todos os tempos, utilizada até os dias de hoje.

Pouco se sabe sobre a vida de Euclides. Obter informações sobre ela é muito difícil, devido ao grande número de ocorrências desse nome na Literatura da época.

Do que sabemos, pode-se citar que ensinou matemática em Alexandria, no Egito, e é provável que sua formação matemática tenha se dado na escola Platônica de Atenas, na Grécia Antiga.

A sua obra prima Os Elementos é a compilação de todo o conhecimento matemático de até então e se tornou parte do ensino da matemática por 2000 anos.

A obra está dividida em 13 livros. Os seis primeiros tratam da Geometria plana elementar; os três seguintes são sobre Teoria dos Números; o livro X sobre os Irracionais e os três últimos tratam da Geometria espacial. Essa obra é um exemplo de clareza na maneira pela qual os teoremas são enunciados e provados. O alto rigor empregado e o método axiomático desenvolvido tornaram-se um foco indispensável para os inventores do Cálculo, muitos séculos mais tarde.

Os Elementos é ainda considerado, por muitos matemáticos, como o melhor livro texto jamais produzido. Mais de mil edições foram produzidas desde a sua primeira publicação em 1482.

Além de Os Elementos, Euclides escreveu outras obras, entre elas: Os Dados, onde apresenta 94 proposições a respeito de diversas propriedades de figuras geométricas; Divisão de Figuras onde podemos encontrar maneiras de dividir figuras em duas partes com suas áreas representando uma razão dada; Óptica onde apresenta o primeiro trabalho grego sobre perspectiva e Os Fenômenos que é uma introdução elementar à Astronomia. Acredita-se, porém, que Euclides tenha sido autor de inúmeros outros trabalhos que se perderam ao longo dos anos. Um dos mais significativos seria Porismas de Euclides – o termo porisma deriva-se de uma palavra grega, que quer dizer meios de obtenção. Outros trabalhos perdidos seriam Cônicas, Elementos da Música, Pseudaria e Lugares de Superfície.

Euclides morreu em Alexandria deixando uma contribuição inigualável para o desenvolvimento da matemática.

Leave a Reply

Proudly powered by WordPress. Theme developed with WordPress Theme Generator.
Copyright © Geômetras. All rights reserved.